Semana do Migrante em Santa Catarina

A Pastoral do Migrante de Santa Catarina vivenciou a 39ª Semana do Migrante, que teve como tema “Migração e Casa Comum” e lema: “Alarga o espaço da tua Tenda” (Is 54,2)!”.
A 39ª Semana do Migrante em Santa Catarina foi marcada por uma série de eventos e iniciativas que destacaram a diversidade cultural e os desafios enfrentados pelos migrantes no estado. Realizada entre os dias 16 e 23 de junho, a semana trouxe à tona questões importantes como integração, direitos humanos e contribuições dos migrantes para a sociedade catarinense.
A Semana do Migrante contou com a abertura oficial na Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus, em Florianópolis, com uma celebração presidida pelo Coordenador da Pastoral do Migrante do Regional Sul 4 da CNBB, e também Coordenador da Pastoral na Arquidiocese de Florianópolis, além de ser o diretor do Escritório Scalabrini de Atenção ao Migrante – Missão Scalabrini e diretor da casa do migrante São Scalabrini, Pe. Gabriel Battistella, cs. Aconteceram também rodas de conversa, mutirões de atendimento ao migrante e formações abordando temas como acesso à saúde, educação, mercado de trabalho e combate à xenofobia.
Um dos pontos altos da programação foi a realização da Festa da Partilha Cultural que aconteceu entre os diversos grupos étnicos presentes em Santa Catarina, mais especificamente em Florianópolis, onde aconteceu a festa. Foi um momento que promoveu a integração e o intercâmbio entre diferentes grupos étnicos e culturais, celebrando a diversidade e valorizando as tradições de cada comunidade presente.
Pe. Gabriel Battistella que esteve a frente da organização deste evento destaca que “várias organizações religiosas e sociais uniram-se para efetivar ações para fortalecer processos de acolhida e garantia de direito aos nossos irmãos migrantes. Queremos que essa semana não encerre em si mesma, mas gere processos contínuos”.


A Semana do Migrante promoveu ainda ações concretas de solidariedade e apoio, como campanhas de arrecadação de alimentos, roupas e materiais escolares para ajudar as famílias em situação de vulnerabilidade.
Ao longo dos anos, Santa Catarina tem se destacado como um estado receptivo aos migrantes, buscando integrá-los à comunidade local e valorizar suas contribuições para o desenvolvimento econômico e cultural da região. A 39ª edição da Semana do Migrante reafirmou esse compromisso, fortalecendo laços de convivência e promovendo a igualdade de direitos para todos que escolheram o estado como seu novo lar.
Sobre os frutos da Semana do Migrante, Dom Odelir, Bispo de Chapecó e presidente do Regional Sul 4 da CNBB afirma que “a Semana do migrante acontece alargando, sobretudo esse sentido bonito daquilo que significa acolhida. Alargar a tenda, alargar o nosso coração para uma acolhida então afetiva e efetiva dessas realidades. O tema deste ano reflete também a situação da migração e a casa comum. Tudo nesta realidade esta interligado. Este é um momento para refletirmos, rezarmos e alargarmos a tenda do nosso coração; para estarmos sempre mais sensíveis ao aspecto da solidariedade, da acolhida e da atenção a esses irmãos e irmãs migrantes.”


Acompanhe as redes sociais da Missão Scalabrini / Pastoral do Migrante de Santa Catarina no instagram @Missaoscalabrini ou através do site www.missaoscalabrini.com.br e saiba em primeira mão tudo que é realizado no serviço aos migrantes!

Compartilhe este conteúdo

Relacionados

Entre em contato conosco

Somos movidos por um único objetivo: fazer a nosso melhor para tornar o Brasil um lugar melhor para todos e todas que chegam aqui, pois, migrar é um direito humano. 

Conteúdos relacionados